Venda do carro usado: particular ou revendedora?

Home Notícias Venda do carro usado: particular ou revendedora?
Compartilhar

Venda do carro usado: particular ou revendedora?

BH Multimarcas 31/jul/2020

Se você está querendo vender seu carro usado, veja os prós e contras de vender para particular e para uma revendedora e escolha a melhor forma para ganhar mais.

O mercado de carros usados e seminovos movimenta bilhões por ano. Para entendermos a importância deste setor, alguns números relevantes do ano de 2018 (Fonte: Federação Nacional das Associações dos Revendedores de Veículos Automotores – Feneauto):
 48.545 lojas revendedoras;
 620.000 empregos diretos;
 14.275.000 de negócios realizados;
 380 bilhões de faturamento de seminovos e usados.

E, dentro desta movimentação de compra e venda de seminovo, sempre surge a pergunta: vale a pena eu vender meu carro usado para uma revendedora ou é melhor vender para um particular? Há diversos pontos para serem analisados na hora de avaliar a melhor forma, tais como preço, burocracia, segurança, dentre outros. Como a diferença entre as modalidades pode ser muito grande, é necessário pesquisar. Por isso, no post de hoje, veja todos os prós e contras desta negociação. Vamos lá?

O que levar em consideração no momento da venda do carro?

Esse dilema que as pessoas passam na hora de vender seu carro usado é natural, pois ninguém quer perder dinheiro ou ficar semanas resolvendo diversas questões burocráticas, ainda mais em época de coronavírus. Quando se pensa em vender o carro usado, algumas varáveis que previsão ser levadas em consideração.

Preço

Essa é, obviamente, uma das variáveis mais importantes. Porém, como iremos ver, não é a única. A dica aqui é pesquisar e analisar custo x benefício de cada uma das formas. No caso da venda para um particular, como será efetivado o pagamento? Qual será o valor? E no caso da venda para uma revendedora? Serei responsável por outras questões burocráticas ou vendo o carro e, rapidamente, recebo o dinheiro?

Documentação

O processo de transferência de documentação pode ser extremamente burocrático e precisar ir em diversos órgãos diferentes. É importante que essa documentação seja transferida assim que a venda for oficializada, para que o vendedor não seja responsabilizado, no futuro, por multas e outras questões.

Vendendo o carro usado para um particular

Nessa modalidade de venda do carro usado, é o proprietário do carro que é responsável por todas as etapas da comercialização, que se inicia na divulgação do carro. Uma forma que tem ganhado espaço pela praticidade são as plataformas online para venda de carro. Outra forma, bem tradicional e clássica, é o famoso cartaz no próprio carro com o anúncio de “Vende-se”.

Vantagens

A grande vantagem é que é o proprietário do carro que estipula o valor de venda e pode negociar diretamente com cada interessado, de maneira rápida e sem ruído na comunicação.

Desvantagens

Como a negociação é pessoa física com pessoa física, podem surgir alguns inconvenientes, como a necessidade de o comprador ter o valor para pagar à vista. Além disso, os golpistas estão cada vez mais criativos: é necessário ficar atento, assim como os interessados em conhecer o carro, que pode ser uma situação um pouco mais insegura.

E dar o carro usado como entrada no carro zero?

Muitas pessoas que estão querendo comprar um carro zero pensam na possibilidade de entregar seu carro usado como entrada. Apesar de ser um processo que traz muita tranquilidade (a venda e a compra do carro é realizada na mesma negociação), em termos financeiros, no geral, é uma opção menos atrativa.

Por isso, antes de seguir pela opção de dar o carro usado como entrada do carro zero, avalie uma outra opção que, no geral, é muito mais atrativa.

Vendendo o carro para uma revendedora

No caso da venda para a revendedora, será uma negociação pessoa física com pessoa jurídica o que, de imediato, traz uma maior segurança para quem está vendendo.

Uma grande vantagem em vender o carro usado para uma revendedora é a agilidade da comercialização: no geral, é um processo rápido. Assim, se sua intenção é vender o carro usado para usar o dinheiro para dar entrada no carro zero, vender para uma revendedora pode ser uma opção atrativa em termos financeiros.

Além disso, um outro benefício é fugir da burocracia: a revendedora fica responsável pelos trâmites de documentação e outros aspectos que, na maior parte das vezes, toma muito tempo.

Se você tem um seminovo premium e está querendo vendê-lo, seja para comprar um carro zero ou para comprar um outro seminovo, é importante procurar uma revendedora com muita experiência no mercado mineiro. A BH Multimarcas tem 20 anos de história e adota todas as precauções para a compra e a venda do seminovo premium. Faça uma visita, converse com um dos nossos especialistas e venda seu carro para um parceiro que entende que os negócios precisam ser um ganha-ganha.

A BH Multimarcas oferece três opções para quem quer vender:
 Dinheiro na mão: Para quem quer o vender o carro! Compramos o carro e pagamos na hora.
 Seminovo novo: Para quem quer sair de carro novo. É possível trocar o carro por um seminovo de maior ou menor valor.
 Consignação: Anunciamos o carro nos principais portais e passamos as propostas. Quando vendido, o proprietário recebe o valor à vista.

E se você quer comprar um seminovo premium, oferecemos os preços mais competitivos e aceitamos carta de crédito de consórcio. Venha conhecer nosso estoque.